Artigos

Para que esse alimento seja preservado até sua utilização e para que se reduzam perdas tanto quantitativas como qualitativas do material colhido em relação ao material retirado do silo é preciso que ocorram processos fermentativos adequados durante o período em que o silo fica fechado. A ocorrência adequada desses processos significa a redução do pH da silagem e controle do desenvolvimento de microrganismos indesejáveis.

Entre os principais fatores para que esses processos ocorram de forma a manter a forragem preservada está a ocorrência de um ambiente anaeróbico dentro do silo. A obtenção desse ambiente anaeróbico (ausência de oxigênio) requer a adoção de medidas que garantam a compactação adequada do silo. Para garantir a compactação correta é preciso que se atente para questões como: equipamento utilizado, tamanho de partícula da forragem ensilada, volume de forragem depositada x capacidade de compactação do equipamento utilizado e formato do silo.

Outros fatores que influenciam a preservação da forragem ensilada são o teor de matéria seca que está diretamente ligado a acidificação do material e a vedação adequada do silo para evitar que fatores externos prejudiquem a conservação. 

Para promover a ocorrência de processos fermentativos desejáveis que garantam a preservação da forragem e evitem perdas, também podem ser utilizados aditivos como materiais que aumentem o teor de matéria seca da silagem e inoculantes microbianos.

Como se pode perceber o processo de conservação do volumoso ensilado envolve diversos fatores controláveis, ou seja, está na mãos do responsável pelo planejamento e coordenação da ensilagem tomar as medidas corretas para garantir a qualidade do volumoso a ser retirado na abertura do silo.

 

Por: Uanderson Pateis Trainee Zoot Jr.
Fonte: Site AgriPoint

©2020 Faculdade Anclivepa. Todos os direitos reservados.

Pesquisar no Site

x

Fale Conosco!

Fale Conosco!